O que o consumidor espera do futuro?
O que mudou? Aumentou a exigência? Como ele se comporta?

BLOG do Carlos Martins.
Comentários sobre Propaganda e Marketing.



Enfrentando a crise sem choro nem vela (13)

13 - Qual é a importância da marca, especialmente em épocas de crise?

As relações entre o ser humano e o mundo são carregadas de símbolos que constroem significados em nossas mentes. Alguns símbolos são universais, como por exemplo, o desenho de uma nuvem indicando chuva, uma cruz que pode significar soma numa equação, sinal de trânsito num cruzamento, ou um hospital etc.

Ao criar uma marca a empresa procura algo para se identificar mais rapidamente, aumentar a recordação, criar uma identidade própria e construir significados. Por exemplo, quando uma empresa coloca sua marca em um produto, o consumidor lembrará da empresa nos bons momentos como também no caso em que o produto apresente algum defeito. Dessa forma a marca funciona além de uma simples identificação.

Nos mercados onde a concorrência é cada vez mais acirrada, ter uma boa marca é uma vantagem competitiva. Entre diversas empresas a marca aparece como um importante fator de diferenciação, permitindo a divulgação de forma racional e reduzindo o tempo necessário à concretização de novos negócios.

Além de facilitar a identificação, uma marca de prestígio é capaz de agregar valor ao produto. Novos produtos, novas campanhas, novas lojas e novos serviços encontram em boas marcas um lugar único para suas estratégias de Marketing.

Entretanto, para criar uma boa marca é necessário seguir alguns princípios: o desenho da marca deve ser compatível com o conceito que deve ser transmitido; fácil leitura; ter personalidade e se destacar no meio da concorrência; ser capaz de resistir aos modismos; fácil memorização; uso resistente aos diversos tipos de aplicações, como por exemplo, mídia impressa, mídia eletrônica, mídia exterior, interiores, vitrines, letreiros, embalagens, uniformes etc.

Para garantir o bom uso da marca a empresa deve elaborar um manual de identidade visual especificando cores, tipos de letras, proporções e tudo mais que seja necessário na hora de encomendar serviços de terceiros.

Um exemplo de uma boa marca é a Coca Cola. Qualquer um, mesmo que não saiba ler, é capaz de identificar aquela onda vermelha, igual em qualquer lugar do mundo.

Leia outros artigos de Carlos Martins