Plano de Negócios


Primeiros passos

O seu plano deve definir a realidade do seu negócio. Procure estimar metas concretas, prazos, responsabilidades e projeções financeiras. Certifique-se que seu plano está direcionado aos resultados. Em outras palavras, o plano deve influenciar opiniões sobre o negócio e o seu futuro.

Seja curto e simples.

Os objetivos de um plano de negócios devem ser específicos, concretos e mensuráveis e as estratégias devem explicar com clareza como você irá atingir esses objetivos. Mantenha o plano claro e conciso, tendo, de preferência, 15 a 30 páginas com anexos.

Quando estiver concluído, o plano de negócios deve ser consultado sempre. Além disso, deve ser atualizado e alterado com freqüência para atender ao ambiente de mudanças do seu negócio.

Para quem se destina o plano?

Pode ser que você esteja fazendo seu plano pensando apenas em você mesmo, ou pode ser que você pense em fazer uma apresentação para outros pessoas, investidores, credores etc.


Nota:
Credor é toda pessoa titular de um crédito, ou, que tem a haver de outrem uma certa importância em dinheiro. Protegido pela lei, o credor possui a faculdade de exigir do devedor o cumprimento da obrigação ou o pagamento do crédito, quando este se torna exigível, isto é, se vencido não é resgatado ou cumprido pelo devedor.

Crédito é a confiança de atributos positivos (dinheiro, valor moral, conhecimentos humanos, etc..) de uma pessoa (por outra pessoa ou grupo de pessoas). Crédito demonstra a confiabilidade que uma pessoa tem por outra, em um determinado assunto.

Em finanças, crédito é a capacidade prevista que uma pessoa tem de retornar um investimento (empréstimo, financiamento) sobre ele. Aquele que empresta dinheiro a um indivíduo ou a uma instituição se chama credor.


Portanto, considere que a elaboração do seu plano poderá passar por fases de apresentação, análise e aprovação. O plano de retorno (recuperação) do investimento deverá estar permeado por elementos capazes de reduzir a percepção do risco, as incertezas do sucesso e a complexidade da situação - a confiança.
Se você estiver planejando usar o plano para levantar investimentos ou atrair credores, então lembre-se disso à medida que o escreve, certificando-se de ser completamente objetivo sobre a mensagem mais importante do negócio.

Elementos do plano

Saiba quais são seus objetivos e estratégias antes de articular o plano de negócios. O plano deve incluir informações que se encaixam nestas categorias:

1 - sua empresa: produto ou serviço
2 - o mercado
3 - finanças

Se você estiver analisando muitos recursos de negócios disponíveis, irá observar com rapidez que cada descrição de plano de negócios será um pouco diferente. Apenas certifique-se de abordar essas categorias básicas, incluir um Sumário executivo e, em seguida, acrescentar outras seções que pareçam necessárias para o público do plano e para seu próprio uso.

A estrutura do Plano de Negócio

    • Capa
    • Sumário executivo
    • Descrição da empresa
    • Planejamento estratégico do negócio
    • Produtos e serviços
    • Análise de mercado
    • Plano de marketing
    • Plano financeiro
    • Anexos